quinta-feira, 7 de abril de 2011

Diet Note's # 17



Esta semana não está a correr bem. Quando começam a surgir problemas emocionais eu deixo-me ir completamente abaixo. Dum estado cheio de motivação e tudo mais, passo para um desconsolo completo e fico tão down que não consigo gerir as minhas emoções. Não consigo separar as coisas e a única coisa que me satisfaz é ingerir comida, principalmente daquela que me satisfaça (ainda que nos dias anteriores a comida mais saudável me estivesse a satisfazer por completo). E por isso mesmo na 3ª feira saí do trabalho (de manhã a ideia era sair do trabalho e ir caminhar, ainda que sozinha, mas o que eu fiz foi ir directa para o Mc Donald’s. Satisfiz-me na altura, mas depois os remorsos foram dolorosos. Bastante dolorosos. Ontem depois de mais um dia a torturar-me mentalmente, cheguei a casa e comi uma omolete com esparguete e bebi uma coca-cola.
É impressionante como de um momento para outro perco as minhas forças!! Se a parte psicológica não estiver bem, eu descarrilo por ali abaixo com uma facilidade assustadora.
A minha dieta, quer acreditem quer não, era o único objectivo palpável que tinha. A única coisa visível e que me fazia querer lutar. Neste momento, esse objectivo está preso por fio. Eu já pedi ajuda ao coordenador. Isto tinha logo que me acontecer na semana que temos um objectivo colectivo (daqueles: perdem todas peso e ganham um prémio ou se alguém não perde peso e ninguém ganha) mas esse apoio não foi suficiente. Já me passou pela cabeça desistir (e nessa altura fui obrigada a pensar que foi o que fiz com o curso de fotografia) mas ainda tenho esperança de conseguir dar a volta a este turbilhão emocional.
A verdade é que eu não era assim. Não era uma pessoa de desistir. Não era pessoa de juntar os problemas de trabalho com os problemas emocionais. Não era uma pessoa de não querer falar com os amigos ao ponto de desligar o telemóvel para não falar com ninguém. Não era pessoa de me isolar. Como eu mudei…

11 comentários:

  1. Tens que ter calma...não ajas de cabeça quente!! Há dias assim, mas não vale estares a massacrar-te! Calma...

    ResponderEliminar
  2. Então que se passa???? Toca a animar... tens sido uma grande inspiração para mim. Penso muitas vezes... Se a Verita tem força de vontade eu também tenho de ter!!!

    É só uma fase vais ver!! Muita força e qualquer coisa já sabes... estou ali mesmo ao lado!! :)

    ResponderEliminar
  3. Verita,

    percebo o que dizes. Eu também ando assim, o meu estado emocial afecta a minha relação com a comida.
    O pior é que nem sei porque estou assim, não tenho nenhum problema de maior, nada a preocupar-me e há aqueles dias que simplesmente digo não à dieta e á comida saudável e deito tudo a perder.

    Espero que consigas dar a volta por cima.
    Beijinho e força

    ResponderEliminar
  4. Olá meninas!!
    Obrigada pelo apoio e pelas vossas palavras de compreensão!!

    quem também tem que gerir a parte emocional com a comida, é capaz de perceber melhor o drama que estou a passar!!

    D. obrigada pelas tuas palavras. Até fiquei emocionada por dizeres que eu era uma fonte de inspiração para ti. Obrigada pelo carinho, do fundo do coração!!

    E vou tentar dar a volta por cima, com toda a força que tenho. Por mim e pelos que acreditam em mim!!

    Obrigada ;)

    beijo grande

    ResponderEliminar
  5. Vais ver que é somente uma fase bem passageira...
    Eu compreendo bem o que passas, pois tb eu acabo sempre por me refugiar na comida quando estou em baixo...
    E é sempre na comida que pior nos faz....
    Mas força querida, vais ver que não tarda nada estás novamente a Verita que eu conheço, alegre, bem disposta, sempre com mil e uma coisas para fazer mas sempre com um enorme sorriso na cara :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Força Verita! Vais ver que esta fase passará rápido, és uma mulher de coragem! Acredita em ti! Beijinho

    ResponderEliminar
  7. São fases...

    E vais ver que passa logo... não podes é desistir até alcançares o que queres!

    Muita força !!!

    Bjinhos
    Su

    ResponderEliminar
  8. linda, estou aqui... de longe e em silêncio, mas sempre para ti. acredito e tenho orgulho em ti. força

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pelo vosso apoio!!
    Não está nada fácil, mas quero acreditar que melhores dias virão ;)

    Muitos beijinhos e muito muito obrigada, de coração!!!

    ResponderEliminar
  10. Os trabalhos de que não gostamos têm esse efeito... Mas pensa em ti, no teu bem-estar físico e na satisfação de terem uns quilinhos a menos! Força!

    ResponderEliminar